Foz do Iguaçu

South Brazil - Iguassu fallsIguassu falls - Brazilian side - Itaipu binacional 3 - usina hidroelétrica Itaipu

VIAGEM EM FOZ DO IGUAÇU

A palavra Iguaçu significa “água grande” em tupi-guarani. As Cataratas são formadas pelas quedas do rio Iguaçu. Dezoito quilômetros antes de se juntar ao Rio Paraná. As águas do rio Iguaçu chegam num desnível do terreno e se precipitam numa queda de até 80 metros de altura, alcançando uma largura de 2780 metros. Sua formação geológica que data de cerca de 150 milhões de anos atrás. A formação do acidente geográfico das cataratas começou cerca de 200.000 anos atrás. Viagem em Foz do Iguaçu

Números

O rio Iguaçu mede 1200 metros de largura acima das cataratas. Abaixo das cataratas o rio mede somente canal de 65m. A largura total das Cataratas no território brasileiro é de aproximadamente 800m e 1900m no lado argentino. A altura das quedas varia entre 40-80 metros. Dependendo do caudal do rio, o número de saltos varia, atingindo um número superior a 100 durante períodos de fluxo médio. Viagem em Foz do Iguaçu

A vazão média do rio é de cerca de 1.500 m3 por segundo, variando de 500 m3/s em tempo de seca e de 8.500 m3/s, em tempo de chuva pesadas. O volume maior de água ocorre entre os meses de outubro a março, no entanto, o recorde de o maior fluxo atingiu o volume de 46.000 m3 por segundo em junho de 2014, pouco antes da Copa do Mundo 2014. Viagem em Foz do Iguaçu

As principais quedas são ao número de 19, cinco no lado brasileiro (Floriano, Deodoro e Benjamin Constant, Santa Maria e União) e os demais no lado Argentino. A disposição dos saltos, com a maioria deles na Argentina oferece a melhor vista para quem observa o cenário a partir do Brasil. Ambos os lados têm de ser descoberto.  Viagem em Foz do Iguaçu

 

QUANDO IR

A primeira coisa a fazer antes de planejar uma viagem para Foz do Iguaçu está também na forma de pensar como você prefere ver as quedas de água. Se a ideia é ver as cachoeiras no seu volume máximo e com muito potencial, é melhor ir no verão (novembro a março); Se, em vez disso, você prefere ver a beleza das cachoeiras mais definidos, o melhor é ir no inverno (junho a setembro). Se você não pode escolher a data da viagem, não se preocupe: as quedas são um espetáculo surpreendente durante o ano inteiro.Viagem em Foz do Iguaçu

No inverno (junho a setembro), com temperatura média de 18 ° C, a chance de ter um tempo chuvoso é baixa, especialmente nos meses de junho, julho e agosto. A situação é exatamente o oposto no verão, que, além de apresentar uma média de 26 ° C, tem forte chuva, provocando um aumento acentuado no fluxo de água das Cataratas. Setembro e Outubro historicamente são os meses com precipitações elevadas e temperaturas razoáveis. A mesma regra aplica-se para ter a chance dever as portas abertas da central de Itaipu – as chances são geralmente maiores no verão. Viagem em Foz do Iguaçu

Não pode ter medo de ficar molhado, porque, mesmo se não houver chuva, é inevitável por causa do vapor que emana das quedas. Devem visitar os parques com capa de chuva. Devem saber que ao fazer o ultra mega genial passeio de barco chamado Macuco safari, as proteções são inúteis.

Foz do Iguaçu recebe turistas durante o ano inteiro, mas principalmente nos meses de férias (julho, dezembro e janeiro), o turismo é ainda mais intensa. Seja qual for a época do ano, os parques estão cheios de pessoas e é obvio por que, porque é um lugar único. Viagem em Foz do Iguaçu

 

VÍDEO DE FOZ DO IGUAÇU

Carregando...
Visualizar
Normal Meia-noite Family Fest Open dark Riverside Ozan
My Location Tela cheia

Total: 20 serviços .    Mostrando 1 - 5 Ver Tudo

Procure un Serviço

Não encontrou o que você está procurando? Tente novamente